Governo lança edital de R$ 71 milhões para finalizar obras do Museu da Imagem e do Som

As propostas das empresas interessadas em assumir a obra poderão ser enviadas até o dia 2 de julho

Por Victor Serra

Via: Diario do Rio

Após 14 anos de abandono, as instalações do Museu da Imagem e do Som (MIS) na orla da Praia de Copacabana estão prestes a ganhar um novo rumo. A Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seiop) do estado lançou um edital de R$ 71,4 milhões para contratar uma empresa especializada que retomará e concluirá as obras do museu.

O prédio, cuja construção foi paralisada em 2016, se destaca pelo estado de abandono. Inicialmente previsto para ser inaugurado em 2012, o edifício sofreu com a deterioração ao longo dos anos. Relatórios recentes apontam problemas graves, como corrimãos enferrujados e vidros manchados por infiltrações, resultado da falta de manutenção e proteção adequadas.

As propostas das empresas interessadas em assumir a obra serão recebidas até o dia 2 de julho. O governo do estado espera que, com este novo edital, seja finalmente possível concluir um projeto que deveria ter se tornado um importante ponto de referência cultural na cidade.

Em 2021, o governador Cláudio Castro chegou a autorizar a retomada das obras pela empresa MPE Engenharia, vencedora de uma licitação anterior. No entanto, problemas persistiram, e a obra não avançou como previsto. No ano passado, um relatório da empresa portuguesa Seveme, responsável por fornecer materiais especiais para o sistema de fachadas e esquadrias, detalhou as diversas falhas e danos encontrados na estrutura do prédio.

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro também esteve acompanhando de perto o andamento deste projeto. O órgão notificou o governador Cláudio Castro sobre os atrasos e a necessidade urgente de finalizar as instalações culturais, ressaltando a importância do MIS para o patrimônio cultural da cidade.