Conheça Márcio Tavares, historiador que será o braço-direito de Margareth Menezes na Cultura

Margareth e o historiador Márcio Tavares Reprodução

Margareth Menezes, que assumirá o Ministério da Cultura do novo governo Lula, terá como braço-direito o historiador Márcio Tavares. Doutor em Arte pela Universidade de Brasília (UnB), ele assumiu o cargo de Secretário Nacional de Cultura do PT nos últimos quatro anos e tem experiência, segundo seus pares, com o funcionamento da máquina pública. Recentemente, atuou no processo de tramitação e votação das leis Aldir Blanc e Paulo Gustavo no Congresso. Ele estava ao lado da cantora quando ela anunciou que iria ocupar o cargo.

Tavares integrou o grupo de trabalho que fez a transição na área da Cultura e encerrou seu levantamento sobre os principais problemas da pasta na segunda-feira. Nascido em Sapucaia do Sul, no Rio Grande do Sul, ele tem 37 anos e ocupa o posto de curador de arte e secretário nacional de Cultura do PT desde 2017.

Margareth Meneses se reuniu com Lula em Brasília nesta terça-feira e anunciou que aceitou o convite do presidente eleito para comandar a pasta. Parte do grupo de trabalho setorial da transição — ao lado de Áurea Carolina, Lucélia Santos, Antonio Marinho, Juca Ferreira e Márcio Tavares —, ela já se cercou de nomes técnicos, com quem traça um diagnóstico da situação atual da Cultura e elabora os planos mais urgentes de reformas para o setor.

‘Um desafio e uma grande responsabilidade’

Em Brasília, depois do encontro com Lula, Margareth afirmou que “será um grande desafio e uma enorme responsabilidade”. Em um post em suas redes sociais, a cantora de 60 anos disse saber que não será fácil: “por isso, peço o apoio e a força de todos os artistas, mobilizadores, realizadores e agentes culturais do Brasil e também de cada cidadão, para juntos, de mãos dadas, restabelecermos com plenitude essa área que é tão ampla, tão diversa e fundamental para todos nós”.

O presidente eleito também usou as redes sociais para falar sobre a futura ministra da Cultura. Lula agradeceu Margareth Menezes por ter aceitado o convite e afirmou que a cultura brasileira sofreu um desmonte nos últimos anos. “E nós vamos honrar nosso compromisso de reconstruir e fortalecer o setor”.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *